Disfunção erétil do tabagismo e álcool

A disfunção erétil (DE), também chamada de impotência, pode ser causada por uma ampla gama de fatores físicos e psicológicos. Entre estes, também há fumaça de cigarro.

Não nos surpreende, uma vez que fumar pode danificar os vasos sanguíneos e a disfunção erétil é frequentemente o resultado de uma dieta pobre, o que resulta na dificuldade de ingresso de sangue arterial no pênis. Felizmente, se você parar de fumar, a saúde de suas artérias e vasos sanguíneos irá melhorar muito, indo de mãos dadas com um melhor desempenho sexual.

Conheça o Gandrox XL, o estimulante que esta acabando com todos os problemas sexuais masculinas.

Fumo e vasos sanguíneos

Você provavelmente já ouviu falar muito sobre os riscos para a saúde de fumar. Isso ocorre porque o tabagismo pode danificar quase todas as partes do seu corpo. Os produtos químicos presentes na fumaça do cigarro danificam o revestimento dos vasos sanguíneos e afetam a maneira como eles funcionam. Essas substâncias também podem danificar o coração, o cérebro, os rins e vários outros tecidos por todo o corpo.

O risco de fumar para atividade sexual é especificamente devido aos efeitos de produtos químicos nos cigarros nos vasos sanguíneos do pênis. A ereção ocorre quando as artérias do pênis aumentam e se enchem de sangue após receber sinais dos nervos no pênis. Nesse caso, os nervos estão respondendo aos sinais de excitação sexual enviados pelo cérebro. Mesmo que o sistema nervoso esteja funcionando em plena capacidade, a ereção pode não ser fisicamente possível se os vasos sanguíneos apresentarem mau funcionamento devido ao fumo.

Fumar causa disfunção eréctil por causa da ‘ aterosclerose , ou seja, a acumulação de gordura nas artérias, impedindo o fluxo sanguíneo através dos vasos, provocando uma série de problemas circulatórios por todo o corpo, incluindo a disfunção eréctil.

Em um estudo, os pesquisadores analisaram dados de 4.764 homens chineses com idade média de 47 anos que completaram uma pesquisa de saúde. Nas questões, perguntou-se a relação entre o tabagismo e a qualidade das relações sexuais.
Homens que fumavam mais de 20 cigarros por dia tinham um risco 60% maior de desenvolver disfunção erétil do que os homens que nunca fumaram. 15% das pessoas que fumaram no passado tiveram disfunção erétil.
Homens que fumam têm muito mais chance (30% a mais) de sofrer de impotência. Entre os homens que nunca fumaram, apenas 12% tinham problemas de ereção. Esta é apenas uma das muitas razões que devem levar as pessoas a parar de fumar. É preciso muita perseverança e dedicação, mas certamente os benefícios para a saúde serão enormes.

Álcool e disfunção erétil

Beber excesso de álcool pode causar problemas nas relações sexuais, assim como na própria relação. O Dr. Abigael San , psicólogo e especialista em álcool, diz que isso ocorre porque o álcool reduz a sensibilidade sexual em homens e mulheres.

Muitas pessoas acreditam erroneamente que o álcool é um afrodisíaco. No entanto, com o tempo, o excesso de álcool pode prejudicar seu desejo sexual.

Beber muito por um período prolongado de tempo pode transformar uma condição temporária em impotência manifesta. Beber álcool também pode afetar a fertilidade se você planeja ter filhos. As mulheres que bebem muito podem precisar de mais tempo para engravidar.

Não pense que esses problemas afetam apenas os adultos: na verdade, a disfunção erétil aos 30 anos é muito mais difundida do que se pensa e está relacionada ao abuso do álcool e do fumo por parte dos jovens.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *